EU



Porque sou tão forte que posso arcar fraquezas,
Sou brilho e ausência de clareza,
Sou menina e maturidade de mulher,
Posso ser alicerce e sei como abalar,
Sou a demência lúcida transpirando inconsequência,
Sou margarida com espinho no caule,
Sou alma e sou corpo,
Sou a úlcera e o medicamento,
Sou a inibição sociável e o silencio contínuo,
Sou a opção mais lógica e a menos racional,
A dificuldade e a perfeição,
Contradição de todas as certezas,
Sou amor, cor, anseio, pele, vida,
Adoro as diferenças e abomino o que elas trazem,
Adoro o mistério, mais quando alguém o decifra,
Adoro o colorido, o preto e branco e o púrpura,
Sou a felicidade triste e a tristeza contente,
Sou vida incutida, perdão e sua condenação,
Sou a lealdade nascida na dúvida do pérfido,
Sou a inconstância persistente,
personalidade completamente instigadora,
sou as diversas maneiras possíveis de se ser,
Sou assim na multiplicidade das minhas simples palavras.

Imaturidade

Quando o olhar dos nossos olhos,
vêm sua própria alma correspondendo o olhar.
Quando nossos instintos mais íntimos,
percebem sem qualquer dúvida,
os sentimentos nutridos envolventes,
Perdem-se na imaturidade das almas,
levados por argumentos receosos.
Acredito que o meu amor por ti,
vai além da matéria, é espiritual
traídos pelo corpo, onde abandonamos,
a insensatez presente que vivemos.
Sinto como jamais senti outrora, pela tua voz,
chego a viajar por lugares inimagináveis,
transporto-me numa visão virtuosa,
além do que se pode acreditar, busco e sigo,
como sombra e caço como alimento, satisfaço.
O Amor é um fluido. Enche incisões.
Preenche zonas vagas, por sua própria conta.
apenas a alma que canta e rejubila,
por ter encontrado o seu ideal.
É o Amor que unifica e conecta os seres.
não existe uma formula certa,
é a energia principal,
a essência do ser Universo.