metamorfose
Ao renascer o amor...
Extraindo da alma a poesia,
ressuscita o sentimento adormecido,
luz nos olhos, no mundo a sabedoria.

Ao renascer o amor...
do silêncio surge a palavra inaudível,
a experiência perto da inocência se cala...
unindo o ser e desfazendo o impossível...

Ao renascer o amor...
Sobrevivendo ao lamento da espera,
sorriso resplandece a alegria do encontro
nasceria com o tempo a descoberta,

Ao renascer o amor...
da cor escarlate tão minha conhecida,
tocando sem temor a chaga que entorpecia,
vejo renascer a luz lá no fundo esquecida.

Ao renascer o amor...
Sou tudo e sou nada só assim descobri,
que diante de mim passa a borboleta,
pela primeira vez no Universo,  senti.

Ao renascer o amor...
o engano dos sentidos, a incoerência,
acabam por me levar para o mais próximo de ti,
acabam por se renderem a tua inocência.

Ao renascer o amor...
já não sei se consigo te soltar,
a ti pertence o teu amanhecer,
a ti entrego o teu caminhar.

Ao renascer o amor...
tudo que o homem sempre quis,
acreditar, que há melhor forma de amar,
A oportunidade de ser feliz...

O renascer o amor...
transforma em claridade
tão notável a tua presença
É dar ao próximo a sua mais completa felicidade...




BIA 17/12/13